09
Jan 08

A mulher se vira para o marido pinguço e diz: - Querido, tô com uma baita dor de cabeça. Vai lá na farmácia e me traz novalgina. Olha: é novalgina com L, com L no meio da palavra. Não vai se esquecer não. O marido saiu, passou pelo bar, tomou umas cachaças com os amigos e chegou muito mais tarde em casa. E sem o remédio... A mulher, meio brava, pergunta: - Cadê o diabo do remédio? - Tinha não, meu bem! - Como não tinha? Você bebeu e se esqueceu de passar na farmácia! - Não, amor, eu fui lá. O rapaz da farmácia procurou, procurou... E continuando: - Mas não tinha nenhum remédio chamado NABUCLETA

publicado por Neta às 00:48

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


pesquisar neste blog
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25