09
Jan 08

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita. Namoraram, casaram-se e formavam um casal perfeito. Na noite de Natal o casal perfeito seguia de automóvel por uma estrada deserta quando avistou alguém na berma que pedia ajuda. Pararam. Era nada mais nada menos que o Pai Natal! O casal perfeito ofereceu-se logo para o ajudar a distribuir os presentes. O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.

Pouco depois, numa curva mais traiçoeira, o automóvel derrapou e deu-se um terrível acidente do qual apenas um dos três ocupantes sobreviveu. Quem: A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

 

Quem sobreviveu foi a mulher perfeita. Na verdade, ela era a única personagem real da história, uma vez que todos sabemos que nem o Pai Natal nem o homem perfeito existem...

 

(Se você é mulher, pode parar de ler; para si a piada acaba aqui.)

Se o Pai Natal não existe e o homem perfeito também não, quem conduzia era a mulher, o que explica o acidente.

Se você é mulher, de certeza leu até aqui. Fica assim provada mais uma teoria: as mulheres são curiosas, metem o nariz onde não são chamadas e nunca fazem o que lhes dizemos ;)

publicado por Neta às 23:17

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25