21
Fev 08

Um caso absolutamente insólito deixou a população de Wigan, na Inglaterra, de cabelo em pé. Uma psicóloga casada engravidou de um presidiário com problema mental, revelou o jornal "Daily Mail". Stephanie Reeves, de 30 anos, que trabalha no centro de detenção, teve relação sexual com o preso no banheiro da unidade prisional. Os dois deram uma paradinha no local quando a psicóloga acompanhava o detento, de 20 anos, até a sala de ginástica.

Stephanie, cujo marido também trabalha no presídio, disse amar o preso e que planeja criar a criança ao lado do amado, caso a Justiça decida que ele tem condições de ganhar a liberdade.

O detento está sendo submetido a tratamento para esquizofrenia paranóica. Stephanie foi afastada da função no presídio por 12 meses.

"Eu quero um bebê e não sei por que meu marido não quer. Vou manter essa criança", disse a psicóloga, segundo colegas no presídio.

O juiz Norman Wright decidiu suspender por dois anos o pedido da promotoria para a prisão de Stephanie, argumentando que "a piedade ainda tem um papel a se considerar" nos tribunais, mas destacou a gravidade do caso e a repercussão que ele pode ter na confiança da opinião pública na recuperação dos presos com problemas psicológicos.


Retirado do O Globo on line

Dá série: "Dê à sua mulher o que ela quer, se não ela vai pegar com um presidiário doente mental."

publicado por Neta às 19:48

pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

19
23

24